Macapá

Crise de energia no AP: Justiça Federal afasta diretoria da Aneel e do ONS

Macapá

Crise de energia no AP: Justiça Federal afasta diretoria da Aneel e do ONS

Medida é para prevenir que gestores interfiram na apuração das responsabilidades pelo apagão ocorrido no Estado

A Justiça Federal no Amapá determinou, nesta quarta-feira (19), o afastamento da atual diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e também dos atuais diretores do Operador Nacional do Sistema (ONS) por 30 dias. A medida é para evitar que os gestores interfiram na apuração do apagão que atinge o Estado desde que um incêndio ocorrido na subestação na Zona Norte da capital, Macapá, deixou 13 dos 16 municípios, sem energia no último dia 3 de novembro.

O ONS é responsável pela coordenação e controle da operação de geração e transmissão de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN) e pelo planejamento da operação dos sistemas isolados. Em nota, a Aneel disse que respeita a decisão, mas que "ações como essa acabam gerando ruído e prejudicando os trabalhos em um momento em que todos os esforços deveriam estar concentrados no restabelecimento pleno do fornecimento de energia no Amapá". 
Imagem de bairro da zona sul de Macapá instantes antes do apagão. Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://cbnamazonia.com/