Rodoviários não aceitam negociação em Macapá e mantêm greve

04.07.2018 11:18 - Atualizado em 04.07.2018 11:22

Andrey Melo

jornalismo@cbnamazonia.com.br

Apesar da reunião entre rodoviários e empresas de ônibus no fim da tarde desta terça-feira (3) em Macapá (AP), a categoria não aceitou a negociação. Eles decidiram manter a greve. A reivindicação é de aumento de 6% no salário, mais cesta básica de R$ 550 e jornada de sete horas.