Maternidade pública do AP registra morte de sete mulheres em três meses

27.03.2018 12:48 - Atualizado em 27.03.2018 12:50

Andrey Melo

jornalismo@cbnamazonia.com.br

Sete mulheres morreram no Hospital da Mulher Mãe Luzia, a maior maternidade do Amapá, em Macapá, nos últimos três meses. Os casos foram identificados pelo Ministério Público do Estado (MPE) após um relatório. O índice é equivalente a todo o ano de 2017.