Saúde

Mais de 20 larvas são retiradas de boca de menina indígena internada em Rondônia

09.01.2018 14:27 - Atualizado em 09.01.2018 14:56

Ray Lavareda

jornalismo@cbnamazonia.com.br

Uma menina indígena de 12 anos, que não anda, deu entrada no Hospital Regional (HR) de Vilhena (RO) esta semana com larvas de mosca na boca. De acordo com o hospital, a menina, da aldeia Bacurizal, localizada no município de Nova Lacerda (MT), era cuidada na Casa de Saúde Indígena (Casai). A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) não se pronunciou sobre o caso.