Saúde

Mais de 20 larvas são retiradas de boca de menina indígena internada em Rondônia

09.01.2018 14:27 - Atualizado em 09.01.2018 14:56

Ray Lavareda

Uma menina indígena de 12 anos, que não anda, deu entrada no Hospital Regional (HR) de Vilhena (RO) esta semana com larvas de mosca na boca. De acordo com o hospital, a menina, da aldeia Bacurizal, localizada no município de Nova Lacerda (MT), era cuidada na Casa de Saúde Indígena (Casai). A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) não se pronunciou sobre o caso.