Indígenas se refugiam em Rio Branco para fugir da fome

30.03.2018 10:34 - Atualizado em 30.03.2018 10:36

Janequeli Silva

jornalismo@cbnamazonia.com.br

Indígenas de aldeia isolada que fica a quatro dias de barco da cidade de Feijó, no Acre, tem se refugiado em Rio Branco para fugir da fome. Eles também alegam fugir de madeireiros peruanos, além de atrito com a Funai.