Internacional

Bolívia fecha porto de Guayaramerin e população brasileira não pode atravessar

10.01.2018 12:33 - Atualizado em 10.01.2018 12:38

Lena Mendonça

jornalismo@cbnamazonia.com.br

O porto de Guayaramerin, na Bolívia, está fechado desde a meia noite como forma de protesto contra a reforma que foi aprovada pela Assembleia Legislativa, para o novo Código do Sistema Penal boliviano. Diante disso, o Comitê Seccional de Guayaramerin, juntamente com entidades e instituições, reuniram-se e decidiram fechar o porto nesta quarta-feira (10), que só deve retornar ao seu funcionamento normal às 18h. População brasileira não pode passar.